Seja bem-vindo(a) ao meu lar.


Ainda por fazer
10/03/2010, 12:44
Filed under: Geral, Letras

Dessa vez por tanto
ter caminhado apenas fingirei
não me lembrar
dos passados caminhos
Contudo digo-te,
minha possível possibilidade
Os caminhos são os mesmos
É a nossa caminhada que muda
A velocidade dos passos
A gravidade dos tombos
e a sutileza dos retornos.

Por mais uma vez por tantos
outros caminhos cruzados
Levar-te-ei com cautela
destoando sorrisos de tua boca
Com a graça de aprender
tuas regras, belas e discretas
Deixe essa manha que é medo de lado
Deixe esse barco já quase alagado
Deixe esse orgulho
Deixe-se num mergulho
comigo.